CARTAS DOMINÓ #251500


O conjunto contém 48 cartas tipo dominó, com um símbolo grande numa ponta e um símbolo pequeno na outra. As cartas medem 4 x 7 cm (1.6 x 2.75 in). O conjunto está dividido por três baralhos de 16 cartas cada. Um baralho tem símbolos de 3.2M e 0.8M. O seguinte tem símbolos de 2.0M e 0.5M. O último tem símbolos de 1.25M e 0.3M. O verso das cartas tem as seguintes notas: tamanho do símbolo em unidades M, equivalente a 6 metros, equivalente a 20 pés e valor decimal de acuidade visual a uma distância de teste de 40cm.

LEA SYMBOLSCARTAS DOMINÓ
Permite a avaliação da acuidade visual em crianças com idades entre os dois e os três anos. Pode também ser utilizado para treinar um olho amblíope em qualquer idade.

INSTRUÇÕES

Mistura-se um baralho de LEA SYMBOLS CARTAS DOMINÓ e distribuem-se igualmente as cartas por cada dois ou três jogadores. Quando se apresenta o jogo a uma criança, deve-se escolher para jogar primeiro as cartas com os símbolos maiores e depois os outros dois baralhos com os símbolos mais pequenos. A criança joga a primeira carta (Carta#1). O adulto continua o jogo jogando a carta com o maior símbolo que emparelha com o maior dos dois símbolos da carta da criança (Carta#2). Então, os dois maiores símbolos estão colocados lado a lado na mesa, e a criança tem de olhar para os símbolos mais pequenos para escolher a próxima carta.


O jogador adulto deve sempre tentar escolher uma carta (Carta#4) que force a criança a olhar para os símbolos mais pequenos. Quando restam poucas cartas, o jogador adulto pode ter de jogar uma carta que emparelhe com um símbolo pequeno. Quando um jogador não tem uma carta com o símbolo correcto tem de passar. O vencedor é o primeiro a ter jogado todas as suas cartas, ou o que tiver menos cartas no final do jogo.

Quando a criança já aprendeu o jogo utilizando os símbolos maiores, podem utilizar-se os baralhos de cartas com os símbolos pequenos. Se o jogador adulto é presbiope, irá necessitar óculos de perto para ver alguns dos símbolos mais pequenos.

Para o treino da ambliopia, pode começar-se por tapar o olho amblíope. Depois da criança estar familiarizada a jogar com as CARTAS DOMINÓ com o olho amblíope tapado, tentar jogar tapando o olho dominante. Se a criança usa óculos, pode colocar-se um pedaço de plástico opaco na lente ou um tecido suave dobrado em triângulo e colocado atrás da lente para oclusão. Para familiarizar a criança a aceitar a cobertura do olho dominante, podem desenhar-se pequenas figuras enquanto a criança diz o que se deve desenhar.

Para obter uma medida precisa da acuidade visual de uma criança, o jogo LEA SYMBOLS CARTAS DOMINÓ deve ser divertido. Quando a criança comete um erro, o adulto pode não dizer nada, ou dizer amistosamente, “Bem, vamos ver se isto realmente combina.” Geralmente, a maioria das crianças consegue seguir exactamente as regras. Ocasionalmente, contudo, uma criança altera as regras para se adaptar. Mesmo assim, é razoavelmente fácil de dizer se os erros se devem à incapacidade da criança diferenciar os símbolos, ou a esta não ter compreendido o jogo.

O jogo LEA SYMBOLS DOMINÓ também é utilizado para treinar um olho amblíope. Neste caso, a lente direita dos óculos da menina está tapada, e o olho esquerdo a ser treinado. O pequenino está a ver o jogo e será testado logo que tenha aprendido a reconhecer os símbolos.

As cartas LEA SYMBOLS DOMINÓ são muitas vezes utilizadas a uma distância diferente da de 16’’ (40cm). Para calcular os valores de acuidade visual, mede-se e regista-se a distância a que se vê e o tamanho do símbolo (o valor M) ou o valor de acuidade visual impresso nas cartas com os símbolos mais pequenos identificados correctamente.

Para determinar a acuidade visual deve-se usar uma das seguintes fórmulas:

AV = Distância Utilizada Para Ver (metros)
valor M

ou
AV = Distância Utilizada Para ver (cm ou inches)
40cm (16 inches)
x valor de AV a 40cm
da linha de leitura

Por exemplo, se a criança viu o cartão 1.6M a 12cm, o valor de acuidade visual correspondente é: 0.12m/1.6M=0.07 no sistema decimal.

Quando é utilizada a notação britânica, o cálculo é feito com base na segunda fórmula: 1.6M corresponde a 6/24 a 40cm de distância. Consequentemente 12cm/40cmx6/24=1/40x6/2=6/80

Se uma criança viu o símbolo 1.0M a 5 polegadas, a acuidade visual é calculada utilizando a 2ª fórmula: 1.0M corresponde a 20/50 a 16 polegadas. Dado que foi visto a 5 polegadas, a acuidade visual é 5/16x20/50=1/16x20/10=20/160.

Os valores da notação americana e britânica são mais fáceis de calcular utilizando o valor decimal.
Por exemplo 0.07=7/100=[7x3/100x3]=21/300 ou 20/300; ou, para a notação britânica: 0.07=7/100=6/86.

Multiplica-se o numerador e o denominador pelo número que torna o numerador igual ou quase igual a 20 ou a 6.

Também é adequado tomar nota do valor-M e da distância utilizada. Utilize a mesma distância para medir a acuidade visual do olho dominante e do olho amblíope. Depois, a comparação dos valores de acuidade é fácil: a diferença nos valores de acuidade visual enquanto linhas de registo é igual à diferença nos valores-M. Porque um olho amblíope vê, geralmente melhor, símbolos individuais que símbolos numa linha de teste, os valores medidos com o LEA SYMBOLS Cartas Dominó mostram uma diferença mais pequena entre os olhos do que a que existe.

Para manter constante a distância a que se vê, o observador pode não pretender ver o símbolo mais pequeno da carta. Mostre a carta à criança a uma distância de 16’’ (40cm). Se a criança se inclinar para a frente deve mover-se a carta adequadamente. Não se deve utilizar uma régua para medir a distância, mas utilizar o braço como medida.


M-unit, unidade métrica, é a distância em metros em que o optotipo de referência C é visto num ângulo visual de 5’.

[ Instructions I Pediatric Vision Tests I Vision Tests ]